Jornal Rio grande

Prefeitura e Embrapa discutem a implementação de projetos em Rio Grande

  • Assessoria PMRG
  • 04/02/21 as 14:36

n/d

Foto: PMRG

Na manhã desta quinta-feira (4), o prefeito Fábio Branco esteve reunido com representantes da empresa Embrapa Clima Temperado, para discutir sobre a possibilidade de implementação de projetos relacionados ao setor do agronegócio em Rio Grande.

Na ocasião, estiveram presentes Roberto Pedroso de Oliveira, chefe geral da Embrapa Clima Temperado, Enilton Coutinho, chefe de transferência e tecnologia e Julio Centeno, pesquisador da Embrapa. Além deles, participaram da reunião o vice- prefeito, Sérgio Webber, e os secretários da Pesca e Desenvolvimento Primário, Bercílio da Silva, do Meio Ambiente, Pedro Fruet, de Infraestrutura, Marlon Nunes Soares, e de Relações Institucionais, Cláudio Diaz.

Ao iniciar a reunião, o prefeito falou sobre o que espera da parceria entre o Executivo Municipal e Embrapa. “Precisamos ter um pensamento grande para fazer com que as pessoas sejam beneficiadas com o que está acontecendo de melhor em qualquer lugar do mundo. Nós temos a possibilidade de parceria com a Embrapa e acredito que possamos aproveitar a capacidade técnica da empresa, trazendo dessa parceria benefícios ao agronegócio, observando um pouco mais a importância do setor primário para Rio Grande.”, disse o prefeito.

“O objetivo é que consigamos medir, avaliar e ter indicadores melhores, identificando demandas do setor e os espaços a serem preenchidos. Assim, com essa parceria, mostrar que é possível trabalhar, com resultado financeiro, trazendo gente nova e tecnologia de ponta, focados naquilo que nos traga mais retorno. É isso que queremos construir com a Embrapa.”, completou Fábio Branco.

O chefe geral da Embrapa, Roberto Pedroso de Oliveira, comentou sobre a proposta da empresa em relação ao desenvolvimento regional: “Nós trabalhamos pelo desenvolvimento, queremos o desenvolvimento sustentável e temos condições de trazer a tecnologia para promover essa produção sustentável. Temos como meta o desenvolvimento regional. A nossa unidade trabalha bastante com São Paulo, Minas Gerais e aqui na região ainda não, mas queremos reverter isso e encarar o desafio trazendo oportunidade através da tecnologia.”, disse Roberto.

Durante a reunião foram exemplificados projetos no quais a Embrapa atua em outras regiões do país e que também poderiam trazer benefícios  para Rio Grande, entre eles, projetos de melhoria e qualificação de sistemas de produção e armazenamento de hortifrúti.

Em relação a implementação de projetos no município, Oliveira ainda explicou como funciona o processo inicial para a execução: “Nós fazemos o levantamento das maiores demandas nas quais a gente possa trabalhar trazendo tecnologias que façam a diferença. Depois disso, vamos buscar o recurso financeiro específico para concretização dessas ações.”, explanou o chefe geral da Embrapa Clima Temperado.

Projetos já executados pela Embrapa em outras regiões do Brasil são desenvolvidos de maneira participativa, através de uma rede, e oferecem, por exemplo, cursos de capacitação relacionados ao agronegócio.

  • Compartilhar