Jornal Rio grande

“Enquanto 70% da população não for vacinada, teremos de usar máscara”

  • Assessoria
  • 02/03/21 as 19:42

n/d

No Boletim da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura do Rio Grande, apresentado nesta terça-feira (2), há o registro de mais um óbito pela Covid-19 no município. Trata-se de uma mulher (79 anos), pensionista, sintomática e com comorbidades. Com mais este caso, agora são 250 óbitos na cidade desde o início da pandemia.

Nesta data foram acrescentados ao Boletim 36 novos casos confirmados da doença. O total de registros agora é de 11.162. Destes, 250 são óbitos. Agora são 106 pessoas em isolamento domiciliar e/ou hospitalar e 10.806 são consideradas recuperadas da doença. Casos suspeitos são 477 pacientes e os descartados para a Covid-19 somam 28.854 casos, dos quais 26.921 são residentes aqui Rio Grande e 1.933 foram notificados no Rio Grande mas pertencem a outros municípios.

No Facebook                                      

A live transmitida pela Prefeitura no Facebook, todas as segundas-feiras, foi utilizada na noite do dia 1º para fazer um balanço das ações da Prefeitura no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Um dos assuntos foi a abertura de um crédito inicial de R$ 1 milhão para compra de vacinas. Antes da transmissão, a secretária de município da Saúde, Zelionara Branco esclareceu que era preciso abrir o crédito, porque no orçamento da SMS para 2021 não havia essa previsão de recursos. “Caso seja necessário aumentar o investimento, basta remanejar o recurso e colocar nessa rubrica”, afirmou a secretária.

A transmissão teve como convidados a médica e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Shirlei Cardone, a responsável pelo Núcleo de Imunizações da SMS, Valéria Risso e o superintendente da Vigilância em Saúde, Antônio Cesar Correa.

Zelionara Branco alertou que a situação da pandemia “ainda pode piorar”. Shirlei Cardone comentou que há um colapso na Saúde, ao se referir à situação do Rio Grande do Sul e de outros estados brasileiros, e que Rio Grande tem que se preparar para que o pior não aconteça. “Contamos com a colaboração da população”, disse, ao considerar que no município há um número alto de casos positivos da Covid-19. Desde março de 2020, são mais de 11 mil registros e o que preocupa a coordenadora é o número de óbitos: 249. Reforçou que há necessidade de isolamento, pois esse é o principal tratamento quando a pessoa apresenta algum sintoma da doença.

Vacinas

Valéria Risso (Núcleo de Imunizações) explicou sobre os grupos que estão recebendo a vacina no Rio Grande. Já houve a vacinação para idosos acima de 85 anos e agora são os que têm mais de 84 anos. Além de imunizar nas unidades de Saúde da Prefeitura e da vacinação em domicílio, a Secretaria tem organizado drive thru para atender mais idosos. Essa semana, estão programadas mais duas ações semelhantes nos dois shoppings da cidade, na quinta e sexta-feira, das 10h às 15h.

A secretária Zelionara Branco acrescentou que, no município, existem mais de 3 mil pessoas acima de 85 anos. “O número de doses recebidas é pequeno!, observou.”

Fiscalização

Ao comentar sobre o cumprimento do decreto do Governo do Estado que colocou todo o estado em bandeira preta, o superintendente da Vigilância em Saúde, Antônio Cesar Correa, disse que os números de denúncias sobre desobediência ao decreto têm aumentado. Na semana retrasada, houve 13 denúncias, semana passada subiu para 61 e, apenas nesta segunda-feira, 1º, foram 28. O número colocado à disposição para receber denúncias no setor de Vigilância em Saúde da SMS é (53) 32338463.

Uso da máscara

Mesmo com toda a fiscalização em feiras, na praia, praças e em diversos bairros da cidade, Zelionara Branco disse ser preocupante o número de pessoas que ainda não compreenderam a importância do uso da máscara. Para ela, isso é fundamental,  pois “enquanto não tivermos mais de 70% da população vacinada é preciso manter todos os cuidados e usar a máscara”.

Rosélia Falcão e Roger da Rosa

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

  • Compartilhar