Jornal Rio grande

Júri condena por tentativa de feminicídio

  • Redação JRG/Assessoria
  • 06/11/20 as 11:29

 

Em sessão do tribunal do Júri da Comarca do Rio Grande realizada ontem, 05/11, um homem foi considerado culpado pela tentativa de matar a ex-companheira com uma facada no abdômen, crime ocorrido em novembro de 2016.

Com o veredito dos sete jurados, Estevan Francisco Flores Montes foi condenado a 16 anos de reclusão, em regime inicial fechado, pela tentativa de homicídio acrescido das qualificadoras de motivo fútil, dificuldade de defesa da vítima e feminicídio.

A pena foi fixada pelo Juiz de Direito Fernando Carneiro da Rosa Aranalde, que presidiu o júri. O magistrado manteve a prisão preventiva do réu, que assim deverá permanecer em caso de recurso.

“Tem contra si nove condenações definitivas e, mais, a vítima deu conta de histórico de violência doméstica, com agressões e ameaças ao longo de um ano, a denotar que oferece fundado risco à ordem pública e à segurança da ex-companheira”, disse o magistrado na sentença condenatória.

Conforme descrição do Ministério Público quando da denúncia, o crime teve como motivação o descontentamento de Estevan com o rompimento pela vítima do relacionamento que mantinham. A mulher foi golpeada em sua própria casa, depois da recusa de reatar a relação.