Jornal Rio grande

HU-Furg abrirá mais 10 leitos na Enfermaria Covid-19

  • Assessoria
  • 05/03/21 as 20:29

n/d

A governança do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), em reunião nesta sexta-feira (05/03), pela manhã, decidiu ampliar o número de leitos da Enfermaria Covid-19. Desde 14 de dezembro de 2020, a Enfermaria estava funcionando com 10 leitos semi-intensivos e, a partir deste sábado (06/03), passa a operar com 20 leitos semi-intensivos.  A medida foi tomada devido ao agravamento da transmissão da covid-19 e ao aumento da taxa de ocupação de leitos.  

Conforme o gerente de Atenção à Saúde do HU-Furg, Fábio Lopes, ocorreu um incremento considerável na procura por leitos, tendo em vista, que o Hospital também recebe pacientes de outras regiões do Estado. “A Enfermaria Covid-19, já está atendendo acima da capacidade inicialmente liberada, que era de 10 leitos. Tivemos que agir rápido e organizar as equipes para ampliar o atendimento. Mas já devemos abrir com metade dos novos leitos ocupados”, salienta Lopes.  

 

Alteração de Atendimento 

Para viabilizar a abertura dos leitos, foi necessário remanejar as equipes. Dessa forma, o HU-Furg precisou alterar alguns fluxos de atendimento. A partir deste sábado (06/03), o Serviço de Pronto Atendimento (SPA – NÃO COVID-19), deixará de ser “porta aberta” e passará a receber somente pacientes encaminhados (referenciados) por outros hospitais ou pelas unidades de Pronto Atendimento (UPA). Com isso, a área ficará exclusiva para internações de pacientes, não sendo realizadas consultas. A única exceção será o atendimento de gestantes, que serão atendidas referenciadas ou não.   

 

Histórico 

A Enfermaria Covid-19 foi inaugurada em 21 de julho de 2020, após adequação da infraestrutura do espaço ocupado pela Unidade de Clínica Cirúrgica.  Com 20 leitos semi-intensivos, a Enfermaria chegou a trabalhar, em 2020, por vários períodos com 100% de ocupação. Em 9 de novembro de 2020, com a redução drástica no número de internações por covid-19, o HU-Furg decidiu encerrar as atividades da Enfermaria, retornando o espaço a sua função original, recebendo pacientes cirúrgicos. Devido a uma nova necessidade, em 14 de dezembro de 2020, o espaço foi reaberto para atendimento covid-19, com metade da capacidade, trabalhando em alguns momentos com ocupação abaixo dos 50%. No entanto, em fevereiro de 2021, ocorreu um incremento de internações, trabalhando, por vários momentos, com 100% de ocupação ou acima disso.  

 

Novo Perfil 

Conforme a médica do HU-Furg, Luciana Plasse Lima, que atua no atendimento de pacientes covid-19, além do aumento na procura por atendimento e internação, também está ocorrendo uma mudança do perfil dos atendimentos. “Antes, o comum era atendermos pacientes com mais de 60 anos e comorbidades. Agora estamos recebendo pacientes jovens e alguns sem comorbidades e evoluindo para casos graves. É necessário que a população entenda a necessidade de adotar os protocolos, pois a doença atinge a todos”, salientou Luciana.  

 

Leitos covid-19 

Atualmente, além dos leitos da Enfermaria Covid-19, o HU-Furg disponibiliza outros oito leitos para atendimento exclusivo covid-19: um leito de UTI Pediátrica; um leito de Enfermaria Pediátrica; e seis leitos no Serviço de Pronto Atendimento Covid-19, onde também há duas salas de emergência, com suporte intensivo para emergências. Essas duas salas podem ser usadas para atender as emergências de pacientes com suspeita ou confirmados para a doença. Além dos leitos exclusivos para covid-19, o Hospital disponibiliza leitos de isolamento em todas suas unidades de internação, que podem ser utilizados para atender pacientes com o novo coronavírus.  

 

Sobre a Rede Ebserh 

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Ebserh desde julho de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. 

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país. 

 

Unidade de Comunicação Social do HU-Furg/Ebserh 

  • Compartilhar