Jornal Rio grande

Coluna da Liberdade

  • Luiz Henrique Torres
  • 22/11/20 as 19:12

n/d

Imagem: Avervo Luiz Henrique Torres

Um dos mais importantes monumentos da cidade do Rio Grande encontra-se na Praça Xavier Ferreira: a Coluna da Liberdade.

O monumento foi edificado na transição entre a Monarquia e a República e buscava homenagear o 13 de Maio de 1888, data da Lei Áurea e fim da escravidão no Brasil. Com a chegada dos republicanos ao poder buscou-se destacar também o 15 de novembro de 1889, data da Proclamação da República. Os jornais rio-grandinos inclusive anunciavam que a Coluna à Liberdade fora o primeiro monumento brasileiro a homenagear a República. 

O assentamento da pedra fundamental da coluna ocorreu no dia 28 de setembro de 1889, às onze horas da manhã. A inauguração ocorreu num domingo, dia 15 de dezembro de 1889 já na era republicana. Em menos de três meses o monumento foi edificado. A proposta de construção partiu da Câmara de Vereadores que conseguiu levantar os recursos através de doações da comunidade. Os vereadores não compareceram à inauguração, contrariados com as primeiras medidas administrativas republicanas que os tiraram do poder local.

O monumento consta de uma coluna de cerca de dez metros, um pedestal de quatro metros e meio e a figura feminina com pouco mais de três metros totalizando aproximadamente 18 metros. 

Conforme o historiador Francisco das Neves Alves: “o capitel apresenta folhas de acanto, numa referência ao estilo coríntio, que, entrelaçadas, emolduram quatro faces indígenas representando o povo brasileiro. A escultura feminina tem uma corrente rompida à mão esquerda, em analogia à liberdade e, à mão direita, um estandarte simbolizando a nacionalidade”. A figura feminina foi o símbolo máximo da liberdade e da República. Não é possível afirmar que o autor da obra Ravagnelli já estava com a estátua feminina pronta quando da interferência republicana na obra ou se a presença simbólica da mulher foi idealização monarquista aceita pelo olhar dos novos detentores do poder: os republicanos.

 

Luiz Henrique Torres (Facebook: @professorlhtorres, blog historiaehistoriografiadors.blogspot.com) é historiador e professor da FURG