Jornal Rio grande

4ª Feirinha do Livro da FURG será em formato virtual

  • Assessoria
  • 26/11/20 as 10:40

n/d

Imagem: Divulgação

A pandemia de Covid-19 não inviabilizou a realização da Feirinha do Livro da FURG em 2020, inclusive influenciou o tema da vez: “Um presente chamado vida”. A dinâmica do evento presencial foi repensada para que a quarta edição aconteça no dia 4 de dezembro, totalmente online, observando o distanciamento social e sem deixar de incentivar discussões e experiências compartilhadas de leitura e escrita. É esperada a participação de estudantes e professores da rede básica de ensino dos municípios de Santa Vitória do Palmar, São Lourenço do Sul e Santo Antônio da Patrulha, além dos do Rio Grande. A feirinha será transmitida pelo canal da FURG no Youtube.

 

Programação

Pela manhã, às 10h, tem a live de abertura com a patrona Andriara Nunes Nunes e o lançamento do e-book “Professora Andriara em O gato preto”. Pedagoga graduada na FURG, Andriara é professora das redes estadual e municipal do Rio Grande, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação e militante pelos direitos dos animais. Participou do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência(Pibid) e de projetos de extensão no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic).

À tarde, quatro contações de história serão feitas em vídeo: às 14h, “O Pequeno Grande Príncipe”, com a Trupe de contadores de histórias Bugigang; às 15h, “Meu amiguinho”, com o ledor Pedro Alexis, e, às 15h15, “A esquisita aranha Rita”, com a ledora Janaína Lapuente, do Projeto de Extensão Histórias que navegam: agora é a vez das crianças, do Grupo de Estudos em Alfabetização e Letramento (Geali); e “A gaivota diferente e o Petit do Palhaço, com o Palhaço Bolaxa, às 15h30.

O fechamento será de contribuições para formação inicial e continuada, com a live “Vamos conversar sobre leitura e literatura em contextos escolares?”, de que participam as professoras Rosane Cardoso, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), e Fabiani Burlamaqui, da Universidade de Passo Fundo (UPF). A professora Mairin Piva, da FURG, media a atividade, às 16h.

 

Feirinha

A cada ano a Feirinha do Livro da FURG tem sua proposta aperfeiçoada e seu alcance aumentado. É um exemplo de ação extensionista consolidada junto à comunidade. Promover uma versão inteiramente virtual é um desafio e tanto, “mas também tem potências”, avalia Débora Amaral, diretora de Arte e Cultura (DAC) da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc) da FURG. A gestora faz referência às possibilidades do novo formato, em especial o acesso facilitado ao evento para o público dos bairros da cidade distantes da universidade e dos municípios onde a FURG tem campi. Além das distâncias encurtadas, a consonância entre o tema e a escolha da patrona se destaca; a trajetória e o trabalho desenvolvido por Andriara, de valorização da vida dos animais, inspira reflexão. “Acho que a pandemia nos faz pensar nisso, a ausência da vida nos faz pensar na presença”, considera Débora.