Jornal Rio grande

Fatos e coisas de Antanho 06/12

  • Redação JRG
  • 06/12/20 as 11:14

n/d

Coluna fundada por Manoel Pinto Ferreira Junior

 

6 de dezembro

1851 – Pela delegacia de polícia desta cidade se declara que, em virtude da requisição da autoridade competente, serão punidas com as penas legais os infratores dos artigos 57 e 59 das Posturas da Câmara, que dispõem o seguinte:

“Correr a cavalo, de sege, carreta, carro ou carroça dentro da cidade ou povoação, penas de 4$ a 12$; andarem os carreteiros ou carroceiros sentados nos carris ou carroças e não a pé, guiando os animais, penas de 4$ a 12$; passar pelas povoações com gado bravo, cavalos redomões ou qualquer animal feroz, penas de 10$ a 30$”.

1943 –O patriótico Aero Clube do Rio Grande realizará, no próximo dia 20, os exames finais dos alunos da turma de 1943, composta dos seguintes candidatos a piloto:

Manoel dos Santos Perez, Orídio Verni, Gaspar Amaral Barros, Carlos Martins Bonilha, Jorge Miller de Oliveira, Thomaz Lomando, Valter Stala, Edécio Coelho, Bernardo Lobo e Luiz Ortigara.

É instrutor da turma o monitor Alfredo Lopes da Silva, brevetado pelo nosso Aero Clube.

O ministro Salgado Filho será o paraninfo da turma dos novos aviadores do Brasil.

Serão homenageados os srs. Coronel Bento Ribeiro, comandante da 5ª Zona Aérea; 1º Tenente José Francisco de Assumpção Santos, Dr. Oswaldo Miller Barlém, Paulo Rheingantz e Ricardo de Albuquerque Libório, presidente do Aero Clube do Rio Grande.