Jornal Rio grande

Pescadores defendem antecipação da safra do camarão, se tiver tamanho e qualidade

  • Ique de La Rocha
  • 14/12/20 as 16:45

n/d

Nilton Mendes Machado - Ique de La Rocha

“O pescador está muito esperançoso que vai dar uma boa safra de camarão a partir de 1º de fevereiro”. A declaração é do presidente da Colônia de Pescadores Z-1 do Rio Grande, Nilton Mendes Machado, que explica o porquê do otimismo: “Devido a pouca chuva a água está baixa na Lagoa (dos Patos) e propícia para a entrada das larvas. Realmente posso adiantar que tem entrado muito larva de camarão, que começou em setembro, e em outubro, novembro e dezembro se intensifica”.

O presidente da Z-1, no entanto, adverte: “Faltam quase dois meses para o início da safra. Se continuar com as chuvas se mantendo abaixo da média, nossa expectativa irá se confirmando. Caso contrário, a água adoça, desce para a Lagoa, inclusive aquela água com poluição das plantações de arroz, e afugenta a criação. O ambiente propício é a água salinizada”. Segundo ele, o crustáceo já existe em localidades que são criadouros naturais, como o Saco do Justino, Saco da Quitéria, Arraial e, com a movimentação do vento, ele vai subindo pela Lagoa dos Patos. “A safra acontece em toda a Lagoa dos Patos, desde Arambaré até a nossa Barra. Beneficia Rio Grande, São José do Norte, Pelotas e São Lourenço do Sul”.