Jornal Rio grande

Movimento nos hotéis do Cassino melhora nesta virada de ano

  • Ique de la Rocha
  • 31/12/20 as 15:18

n/d

Após o movimento do Natal ter sido considerado fraco, os hotéis e pousadas do Cassino experimentam uma melhora nessa véspera do Ano Novo. Alguns chegam a projetar lotação já nesta quinta-feira, 31, mas a maioria, apesar do aumento do movimento estar aumentando, prevê que será menor que o verificado nessa mesma época no ano passado.

O gerente da rede de hotéis Atlântico, André Dall Igna, disse que normalmente os hotéis já ficam lotados nas festas de final de ano, mas considerou o movimento do período natalino muito fraco. "Tivemos bandeira vermelha em dezembro, depois a preta, e o que já era ruim ficou pior. Registramos uma ocupação de, no máximo, 50% em relação a 2019”.

n/d

André Dall Igna

A boa notícia foi que a movimentação no Atlântico Cassino começou a melhorar a partir desta última terça-feira. As solicitações de reservas continuaram sendo feitas durante a semana, especialmente para veranistas da região. O gerente salienta que, mesmo apresentando melhora na comparação com o Natal, o movimento, a partir de hoje até domingo, deverá ser de 60% do verificado na virada de ano passada.

O gerente do Atlântico observa: “A bandeira decretada pelo governo é que regula a ocupação do hotel, pois existe uma limitação na capacidade, conforme a cor decretada. Também existem limites na utilização da área física. Por exemplo, na bandeira vermelha, além de permitirem a ocupação de apenas 60% da nossa capacidade, a piscina não pode funcionar”.

Devido a essas limitações impostas pelas bandeiras, André Dall Igna acredita que o movimento no Verão 2021 “será pelo menos 25% a menos que na última temporada”. Ele lamenta que agora, devido à pandemia, “não dá para prever. É difícil, não tem como fazer um planejamento. Se decretarem a bandeira preta por 15 dias o movimento morre. Além de as pessoas ficarem temerárias, ainda tem o fato da redução na capacidade do hotel. A bandeira preta permite apenas 30% da nossa ocupação, a vermelha 60% e com a laranja podemos chegar a 75% da ocupação. Mas também temos a esperança de que os problemas de aglomeração e bares cheios, que se verificam no Litoral Norte, poderão motivar algumas pessoas, que querem mais distanciamento, a virem para cá. O fato de a BR-116 (Porto Alegre-Pelotas) estar boa parte duplicada também poderá facilitar o acesso de mais gente para o Cassino”.

  • Compartilhar