Jornal Rio grande

Congresso americano é invadido por seguidores de Trump

  • Redação Rede Brasil Atual
  • 06/01/21 as 18:10
 
 
n/d
n/d
Imagens: Reprodução/Youtube

Após invasão do Congresso americano na tarde desta terça-feira (6), Parlamentares e funcionários estão recebendo máscaras contra gás lacrimogêneo. Preparam-se para uma suportar uma eventual ação das forças de segurança. O Capitólio, prédio que abriga o Congresso em Washington, foi invadido por seguidores de Donald Trump e manifestantes de grupos de extrema direita. O objetivo foi tumultuar a sessão do Congresso americano de reconhecimento da vitória do democrata Joe Biden na eleição presidencial dos Estados Unidos. O vice-presidente Mike Pence, que estava no local, foi retirado.

A capital americana decretou um toque de recolher a partir das 18h, até as 6h da manhã da quinta-feira (8). Policiais federais e locais estão respondendo a chamados de possíveis bombas no Distrito de Columbia. Os manifestantes se recusam a aceitar o resultado da eleição e furaram a segurança do prédio. Chegaram a escalar uma estrutura montada para a posse de Joe Biden.

A deputada democrata Nancy Pelosi, presidente do Congresso americano pediu a presença da Guarda Nacional. O pedido reforçado pela prefeita de Washington, Muriel Bowser. Porém, o Departamento de Defesa, subordinado ao atual presidente, Donald Trump, teria negado o pedido.

Nas redes sociais, circularam muitas imagens de seguidores de Trump agredindo policiais. E pressionando políticos, seguranças e delegados republicanos impetrar um golpe em favor da permanência de Donald Trump, que se recusa a reconhecer a derrota nas urnas.

No interior do Capitólio, houve rumores de ameaça de incêndio por manifestantes. A CNN informou que uma mulher, não identificada, teria sido baleada no ombro e foi retirada do prédio para atendimento médico.

 

Do site Rede Brasil Atual