Jornal Rio grande

Câmara: saiba o que foi discutido na sessão de ontem, 25

  • Assessoria
  • 26/01/21 as 9:31

A sessão representativa desta segunda-feira, 25, teve cinco requerimentos e indicações aprovadas pelos vereadores da Câmara Municipal do Rio Grande. 

Uma delas, proposta pelo vereador Rafael Missiunas (PT), indica que Poder Executivo envie um projeto de lei à Câmara de Vereadores  para criar cargos de Guardas Municipais para suprir a atual necessidade de efetivo e assim aproveitar o concurso público válido até abril de 2021.

O vereador Juquinha (PSB), teve aprovado o requerimento que solicita à Concessionária Ecosul, a realização de um estudo de viabilidade para abertura de uma valeta ou a colocação de muro de concreto no canteiro central da BR-392, próximo ao quilômentro 18, que compreende a entrada e saída do bairro Parque Marinha. A ideia é evitar a passagem de veículos leves sobre o canteiro e dessa forma previnir acidentes graves que ocorrem constantemente no local. 

Paulo Roldão, vereador do Republicano, indicou com urgência um estudo para viabilizar o retorno do Centro de Serviços Referência de Assistência Social (CRAS) que, em função da pandemia, foi suspenso. 

O vereador Nilton Mendes Machado (Republicano) solicitou que seja enviado um ofício à Agência Nacional de Seguridade Social (INSS), situada na cidade de Pelotas, para que seja analisado os protocolos realizados por 32 pescadores e que se  refere ao pedido de benefício de seguro defeso. O vereador destacou que a lista de pescadores ainda não atendidos pelo seguro foi anexada ao requerimento e ressaltou que os pescadores são associados na Colônia de Pescadores Z-1, da cidade de Rio Grande.

Durante a sessão, os vereadores também aprovaram uma Moção de Apoio para a manutenção das turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas Estaduais da cidade de Rio Grande e região. O documento será enviado a Assembleia Legislativa e ao Governo do Estado.