Jornal Rio grande

Rovam Castro quer centro para acolher mulheres vítimas de violência

  • Ique de la Rocha
  • 01/02/21 as 21:29

n/d

Foto: Arquivo/Facebook

O vereador Rovam Castro (PT) teve requerimento aprovado nesta segunda-feira, 1º, na Câmara Municipal, que indica ao Executivo Municipal a criação de um centro de referência para atendimento às mulheres vítimas de violência, com assistência psicossocial e jurídica.

Em sua justificativa, Castro explicou que “no Governo Alexandre Lindenmeyer tivemos várias conquistas, mas isso realmente não consegui efetivar. Na ocasião fiz uma visita ao secretário estadual dos Direitos Humanos, Catarina Paladino, e ele pediu a relação de alguns prédios que poderiam alocar para esse centro de assistência social. Essa iniciativa é de extrema importância. O vereador Júlio César Silva (MDB) me disse que já teria existido no Governo Janir Branco, mas desconheço e a pandemia deixou essa necessidade muito nítida, porque aumentou muito a violência contra as mulheres e o centro será uma referência para essas vítimas. Dias atrás recebi denúncia de uma mulher agredida em via pública. Liguei para a delegada Lígia Furlanetto, que me instruiu sobre como agir. O problema é o pós-atendimento. Onde se leva essa pessoa?. Em muitos casos elas precisam de um local para se hospedarem temporariamente. Tem, ainda, a questão psicológica e a parte jurídica. Temos de ter uma estrutura que trate isso”.

O parlamentar sugere que se crie, “nem que seja um embrião desse centro de referência. Pode iniciar funcionando de segunda a sexta-feira. Depois nos finais de semana e vai se aumentando a infraestrutura. A violência contra a mulher existe e está crescendo muito. Temos de dar conta desse problema em nossa sociedade”.